Skip to content

About

Nascido em partes incertas e genéricas de Lisboa, criado entre a perifería e os montes e amadurecido em casco estrangeiro, Luís Alexandre, segundo dizem Rodrigues e com terminação em Bernardino escreve aqui o que lhe vai na mente, na alma, nos ossos, e outras partes do corpo.

Alguns dizem que é a Nigella Lawson dos blogues, ou até o Beethoven da tradução.  Outros dizem que é o Stig do desenrascanço. É tudo verdade, mas o importante é que neste canto, Luís (ele prefere Alexandre, mas o mundo não é perfeito – ainda) dispõe ao público em geral e aos amigos em particular as coisas que lhe ocorrem assim, de vez em quando, como quem não quer a coisa.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: